Como aliviar cólicas após parto

É muito comum que aconteçam cólicas após parto, já que o corpo da mulher passa por inúmeras alterações depois que seu bebê nasce.

Mas para aliviar esse e demais desconfortos que podem acontecer nesse período, é preciso estar atento aos sinais que seu corpo dá, além de adotar algumas medidas de autocuidado.

Para te ajudar a entender melhor o porquê das cólicas após parto e o que fazer para evitá-las, elaboramos este post.

Confira!

Por que acontecem as cólicas após parto?

Embora grande parte das mulheres, principalmente as mamães de primeira viagem, possam ficar assustadas com as cólicas após parto, é algo muito comum.

Isso acontece devido à contração do útero, que volta ao seu tamanho normal a partir do momento que a mulher passa a amamentar.

Durante a amamentação é liberada a ocitocina, que é o hormônio responsável por permitir que o órgão volte ao seu tamanho original, além de contribuir para a produção do leite.

Assim sendo, a mulher poderá apresentar cólicas após parto por pelo menos 45 dias depois do nascimento do bebê.

De acordo com a enfermeira do Hospital e Maternidade Santa Joana, Thalita Halasc, esse desconforto que a mulher sente é bem parecido ao de uma cólica menstrual.

Lembrando que a menstruação volta assim que a quarentena passar, porém, se a mulher estiver amamentando, esse prazo pode ser de 60 dias em média.

Como aliviar os sintomas das cólicas após parto?

Como já foi dito, é normal que após a expulsão da placenta, a mulher apresenta cólicas após parto, visto que nesse período acontecem as contrações puerperais, ou seja, o útero volta ao seu tamanho de origem.

Esse período, que pode variar entre os 3 primeiros dias depois do parto e se prolongar pelo período de quarentena, tem seus picos durante os momentos de amamentação.

Ou seja, enquanto a mulher amamenta seu bebê, há a liberação da ocitocina que é o hormônio responsável pela contração uterina.

Vale ressaltar, que as mulheres que já tiveram filhos possuem menor tônus muscular, por isso as cólicas após parto são mais recorrentes e intensas.

Outro agravante para esse desconforto, é o parto do tipo cesárea, pois a incisão cirúrgica aumenta significativamente tal desconforto.

Todavia, existem algumas dicas que ajudam a amenizar o quadro de cólicas após parto, tais como:

  • Evitar o levantamento de pesos e realização de esforços físicos;
  • Tomar cuidado ao se levantar da cama, evitando movimentos bruscos;
  • Dar preferência para amamentar deitada;
  • Fazer o apoio da sutura para evitar esforços ao espirrar ou tossir;
  • Fazer uso da cinta de compressão apenas nos primeiros dias do pós parto, lembrando de colocá-la abaixo do umbigo;
  • Beber muita água para eliminar todas as toxinas pela urina;
  • Se houver pontos externos, fazer sua retirada entre o 8º e o 10º dia depois do nascimento do bebê;
  • Após a retirada dos pontos, fazer massagem abdominal para aumentar a firmeza da pele.

Cólicas após parto causadas pela prisão de ventre

As cólicas após parto causadas pela prisão de ventre, são queixas frequentes das mulheres que acabaram de ter um bebê.

Normalmente a mulher sente dor durante a evacuação, causando medo até de ir ao banheiro já que o quadro pode ser agravado pelo surgimento de hemorróidas e até mesmo de problemas nos pontos.

Para aliviar esse desconforto, é fundamental adotar uma dieta rica em fibras, além de beber muita água e fazer pequenas caminhadas.

Conclusão

Não há como negar que a maternidade é o momento mágico para grande parte das mulheres, mesmo aquelas que passam por cólicas após parto.

Mesmo que esse desconforto cause grande medo nas mulheres, é algo bastante comum e fácil de resolver.

Basta adotar medidas como amamentar deitada, beber muita água, ingerir alimentos ricos em fibras e não fazer esforços físicos.

Dessa forma, com certeza as cólicas após parto te deixarão em paz o mais rápido possível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *